Planejamento Estratgico

Planejamento Estratégico do Sistema CFC/CRC’s

O Planejamento Estratégico foi implementado no Sistema CFC/CRCs como uma ferramenta de gestão para a construção e a consolidação da imagem da instituição, sendo desenvolvidos instrumentos de monitoramento que compreendem desde a avaliação do que está sendo proposto, passando pelo diagnóstico do posicionamento da entidade, até a definição das estratégias que combinem com diferentes meios de comunicação interna e externa.

Durante o evento realizado no mês de janeiro de 2018, foi debatido o Planejamento Estratégico do Sistema para a gestão 2018/2027. Entre os 15 Objetivos Estratégicos aprovados, destaca-se o objetivo que trata do fortalecimento do ambiente regulatório e garantir as prerrogativas profissionais, bem como, as ações de educação e inclusão de todos profissionais nas oportunidades, por meio do desenvolvimento profissional, elevando cada vez mais a qualidade dos serviços prestados ao mercado.

A seguir, são apresentados os componentes do Planejamento Estratégico.

Missão

A missão determina o propósito institucional, expressando a sua razão de ser e identificando o alcance de suas ações em termos de serviços e clientes.




Visão
A visão de futuro expressa a situação desejada para a entidade e seu contexto de atuação em longo prazo.




Valores
Os valores são princípios éticos que norteiam todas as ações para atingir os Objetivos Estratégicos.




Mapa Estratégico

O Mapa Estratégico do Sistema CFC/CRCs está dividido em 5 (cinco) perspectivas, as quais representam os pilares para atingir os Objetivos Estratégicos do Sistema.

• Pessoas e Organização: identifica a necessidade de fomentar programas de formação, de habilidades e de competências, bem como assegurar o funcionamento de uma infraestrutura e logística necessárias para gerar crescimento e melhorias do Sistema CFC/CRCs;

• Tecnologia e Processos: definem o que a organização deve fazer nos aspectos de investimento e inovação em tecnologia e redesenho dos processos internos de forma a garantir a qualidade e confiabilidade nos processos e nos procedimentos;

• Resultado Econômico: indica se a estratégia da organização, implementação de ações e a execução estão contribuindo para garantir a sustentabilidade orçamentária e financeira do Sistema CFC/CRCs;

• Público e Sociedade: descreve as formas nas quais o valor deve ser monitorado para gerar satisfação à classe contábil em relação ao Sistema CFC/CRCs, bem como para atender às expectativas da sociedade;

• Resultados Institucionais: indica os resultados preestabelecidos perante as partes interessadas, de forma a fortalecer o ambiente regulatório e garantir as prerrogativas profissionais.



Mapa Estratégico do Sistema CFC/CRCs



Ressalta-se que esse novo escopo permitirá que o Conselho Federal e os Conselhos Regionais contribuam, ainda mais, nas questões que possuem foco na transparência das informações contábeis, no combate à corrupção e nas parcerias institucionais que reflitam a importância da Contabilidade para o crescimento e desenvolvimento social do País.